quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

E A TRISTEZA CONTINUA...

... e o coração continua muito.... muito apertado...
Dormir, dormir sempre foi uma das minhas soluções para solucionar as angústias.... e na verdade depois de ter dormido uma sesta ( à Alentejena!!!) pensava que estava melhor... que o meu coração estivesse menos apertado, que as minhas idéias menos confusas na cabeça!!!!
Telefonei à minha amiga R e ela que estava cansada e que tinha chegado a casa ( às 23.30h)disposta a comer uma sopa e a meter-se na cama, esteve pacientemente a ouvir-me... e eu falei.... barafustei.... lamentei... refilei com a vida.... e ela paciente ouviu... ouviu... e depois deu-me conselhos...., mas esses conselhos, neste momento, eu não consigo segui-los na totalidade... e fico triste, pois se eu os seguisse talvez não achasse a vida tão madrasta...
Porque será que desde sempre, era eu bem pequena!!! com os meus cinco, seis, sete anos, já questionava a minha vida???... já questionava as minhas angústias, os meus pensamentos mórbidos???? e quanto mais pensava neles, mais me convencia que a felicidade da vida é uma ilusão.... e eu sentia-me tão deprimida, sem que ninguém se apercebesse!!! pois ria, brincava, pulava e parecia que vendia felicidade para quem me rodeava... e eu sabia que não era verdade... que estava a "representar" pois sentia medo de ficar sem o meu pai, que conduzia o camião pelas estradas de Portugal, de Norte a Sul do país, e eu tinha pavor, só de pensar que lhe pudesse acontecer alguma coisa... o pai que eu adorava , que brincava, que dava alegria por toda a casa quando estava presente... e acordava assustada a pensar que a minha querida mãe, que eu adorava e adoro poderia "desaparecer" e isso para mim era uma angústia... e...
os outros viam-me alegre, feliz, contente, descontraída e nem sonhavam, nem imaginavam os pensamentos terríveis que me ensombravam a vida... e eu sorria... ria, brincava e representava...

1 comentário:

SMM disse...

Muito legal teu blog! Se puder me visite, http://sindromemm.blogspot.com
Valeu!